Contando Histórias

Harley Davidson - Mais Que Uma Marca, Um Estilo

Quantos traços se faz uma história, quantos conceitos, quantas idéias, em 1903, foi um bom ano para a economia e a industrialização americana, na pequena cidade de Milwauke os irmãos Arthur e Willian Davidson, idealizaram alguns projetos e construíram a primeira motocicleta  em um pequeno barracão da casa de um deles, onde funciona até os dias de hoje os prédio construído anos após o prédio administrativo da Harley Davidson, vendendo assim a primeira motocicleta para Henry Meyer.

Já em 1905 uma Harley Davidson vence uma corrida  de 500 milhas em Chicago, no ano seguinte em 1906, os irmãos entusiasmados por aquele projeto ampliaram a fábrica e fizeram o lançamento do primeiro catálogo da Harley Davidson.

Em 1907, a Harley Davidson Motor Company é oficialmente construída em 17 de Setembro, com 18 funcionários, e alguns meses depois foi construída uma nova ampliação da fábrica, em 1908, deu inicio a tradição americana, onde pela primeira vez a motocicleta foi integrada a um batalhão de Polícia de Detroit.

Em 1909 foi fabricado o tradicional motor V – twin que se tornou um ícone da marca com os cilindros em 45 graus, em 1912 veio as primeiras exportações enviadas para o Japão, em 1913 foi criado o Departamento de competições, em 1914 as Harley Davidson passaram a ter o side- car como opção, em 1916, o presidente Wooddrow Wilson, enviou Black Jack com uma Harley Davidson para acabar com Pancho Vila na fronteira mexicana, veio também a Primeira Grande Guerra Mundial onde as Harley Davidson foram adaptadas com os side car para ser os primeiros veículos usados por soldados americanos a invadir o território alemão.

Sendo a primeira a fabricar suas motocicletas com equipamentos militares como side car, metralhadoras já adaptadas, e algumas com armamentos automáticos acoplados, em 1917, um terço da produção é destinada para a Forças Armadas por causa da Primeira Grande Guerra, e a fabrica começou a fabricar bicicletas, em 1918 após o armistício o soldado americano Roy Holtz pilotando uma Harley é o primeiro a entrar na Alemanha.

Em 1920 a Harley Davidson já a primeira fábrica de motocicletas do mundo, com 2.000 mil revendas em 67 países, em 1921 a paz se estabeleceu, no Brasil, ainda se vivia os reflexos da guerra, onde nosso país era governado por Epitácio Pessoa, e a capital de nossa República era na cidade do Rio de Janeiro, eram muitas as dificuldades apresentadas para se conseguir produtos de necessidade que vinham de outros países, como também se tinha a dificuldade da exportação da cana de açúcar e do café para outros países, o valor do transporte para os carregamentos eram muitos elevados.



Nos Estado Unidos neste ano de 1921, a Harley Davidson foi a primeira em ganhar com a sua equipe uma prova de velocidades, a mais de 500 milhas por hora, mais nesse período de depressão as vendas das motocicletas caíram em até 24%  em vendas fazendo que a estratégia de comercialização da empresa mudasse a cor original ( verde escuro ) para  cores mais modernas para a época, onde apresentava nos tanques de combustível as cores que cada cliente pedia.

No Brasil, se desenvolvia alguns manifestos, onde o país vivia ainda os primeiros derradeiros momentos da república, onde governado por Washington Luiz no poder de 1926 a 1930, em 1931 veio a grande recessão a grande maioria das fábricas nos Estados Unidos da América são fechadas, restando apenas a Harley e a Indian situação que se estenderia até meados de 1953,

Em 1931, veio o Estado novo, a Revolução de 1932 em São Paulo, e nos finais de 1937 em 1935, com o apoio da Harley Davidson nasce a Industria de motocicletas no Japão, através da Sankyo Company of Japan, que deu inicio a fabricação da Rikuo.

Em 1940, o mundo deu de frente com a Segunda Grande Guerra Mundial, a produção de motocicletas civis foi suspensa pela Harley, com dedicação total ás encomendas das Forças Armadas Americanas, que entraram na Segunda Grande Guerra, em 1945 com o final da Segunda Guerra Mundial, a Harley que tinha produzido 90 mil motocicletas para o destino militar, retomou a produção de motos civis em Novembro deste mesmo ano.

Em 1949, o garfo frontal hidráulico é introduzido nos modelos Harley Hydra- Glide, no Brasil veio o fim da ditadura Vargas, o momento de democratização, Juscelino Kubitscheck sacudindo a sociedade brasileira, pelos anos de 1950 a Harley Davidson se fortaleceu ainda mais, onde nessa década a motocicleta significava sinônimo de liberdade para todos os jovens, onde atraiu a atenção da imprensa, e da população americana, o Rock Roll invadia territórios, mais a popularização das Harley Davidson se inclinou- se um pouco com o filme The Wild Ones  estrelado por Marlon Brando que mostrava uma  imagem de ficção dos motociclistas americanos mudou- se para beberrões, baderneiros, e arruaceiros.

Em 1953, veio os 50 anos da Harley Davidson, e as motocicletas adquiriram um emblema especial de comemoração, a Hendee Manufacturing, fabricante de motos Indian deixa o mercado de motocicletas, onde a Harley seria a única fabrica de motocicletas dos Estados Unidos pelos próximos 46 anos,



Em 1956, Elvis Presley apareceu com uma Harley Davidson KH na capa da Edição de Maio da revista Enthusiast, pelos anos 60 Brasília foi inaugurada, veio a industrialização e abertura Nacional para diversos setores metalúrgicos, em 1968, foi um ano de grandes contestação no mundo e no continente americano como também em diversos países europeus, em 1969,  a Harley se fortalece com a sua entrada no mercado de valores americano, quando o controle da Harley Davidson é adquirido pelo conglomerado American Machine and Foundry Company
(AMF) comprando as ações da empresa que coloca a sua sigla junto da motocicleta mais famosa do mundo.

Esta postura adotada pela AMF causou muito desgosto e insegurança aos proprietários da Harley Davidson mais com o tempo este conceito foi logo superado, sendo que no ano de 1970 onde o Brasil adotava a campanha do Ame- o ou Deixe- o .

Foi fabricado pela Harley 75.000 mil unidades aquele ano, sendo este o  fato abalou a estrutura da fábrica, onde atingiu um volume de fabricação muito alto deixando de lado um item muito importante  para a marca, a qualidade de seus produtos, onde as motocicletas saiam da fábrica já vazando óleo, nesse período a diretoria da Harley Davidson não se  importava se as motos eram ruins, boas, ou indiferentes, a qualidade das motos ficava cada vez pior, até a entrada das motocicletas japonesas no mercado americano, que foram responsáveis pelo grande mercado americano e mundial.
Só no final do ano de 1980, a AMF caiu totalmente nas vendas e  em Junho de 1981, foram obrigados a vender a Harley Davidson a 12 executivos incluindo Willie G. Davidson neto de Willian Davidson, que se tornaram os verdadeiros proprietários da Harley Davidson.

Nesse primeiro ano de nova administração a empresa perdeu cerca de U$ 32.milhões, sendo que só em 1983 as coisas começaram a melhorar com um pequeno aumento nos lucros, a qualidade das motocicletas se destaca chegando a perfeição, apesar das marcas de motocicletas japonesas entrarem no mercado americano, com valores mais baixos, onde a Harley consegue que o governo estabeleça reserva de mercado sobre taxando as motocicletas importadas por cinco anos.

Com isso em 1984 a empresa teve um lucro de U$ 3,9 milhões sobre um faturamento de U$ 294 milhões, apesar das dificuldades impostas pelos bancos que quase faliram a empresa os novos diretores da Hraley Davidson voltaram para a fábrica de Nova York, Pensilvânia , e a diretoria da empresa passou aos funcionários o poder de receberam opções para a compra de ações da empresa e fabricarem melhor como também a diretoria deu a os funcionários o poder de decisão de fechar uma linha de produção, se esta tivesse provocando defeitos nas motos. Assim os funcionários recuperaram o sentimento de criar motocicletas com estilo.



Em 1987 um ano antes do prazo, a Harley esta recuperada e pede a suspensão da reserva de mercado, e da sobre taxa aos concorrentes de fora, a empresa estava tão forte que chegou ao Comitê Internacional  de Comércio Exterior e pediu para retirar a lei de cinco anos de incidência de impostos aos fabricantes de motocicletas japonesas. Esta atitude nunca foi adotada por uma empresa americana e fez com que em Maio daquele ano, o helicóptero presidencial pousasse nas pistas de testes da Harley e o presidente americano Ronald Reagan descesse para fazer tour nas instalações da fábrica onde ficou tão impressionado que declarou publicamente um fã da marca Harley Davidson .a partir deste momento a marca voltou ao mercado americano com força total. 

Em 1990 é lançado ao mercado o modelo Fat Boy, sucesso de vendas que viraria um novo símbolo da marca, em 1992, a Harley Davidson compra a parte minoritária da Buell Motorcycle Company de motos esportivas, no ano de 1993, 100 mil motociclistas participaram dos 90 anos da empresa em Milwaukee,  em 1998, inaugura a primeira fábrica fora dos Estados Unidos, em Manaus, Brasil, em 2003, a Harley chega aos 100 anos com o lançamento da V- Road , mais um dos grandes sucesso de vendas.

Hoje Willie G. Davidson é o  Vice Presidente da empresa, e foi criado ao meio delas mantendo assim seu estilo criando pelo avô e aperfeiçoado pelo pai, que começou seus estudos em artes plásticas na Universidade de Wisconsin e pediu transferência para a Art Center College of Desing  em Pasadena, Califórnia, onde se formou- se em 1957 foi trabalhar na Lincoln Continental, depois foi para a fábrica de automóveis exóticos a Excalibur e finalmente decidiu ir para a Harley Davidson.

Em 1971 a empresa lançou no mercado  com motor carenado de 74 polegadas cúbicas e garfos de alumínio do modelo Sportster produzindo um modelo totalmente novo o Super Glide, a empresa se destacava com os modelos Low Rider, Café Racer, e Sturgis, em 1985 Willie  inovou com o modelo Heritage Softail, trazendo o look e o estilo dos anos 50 com novos cromados, tanque de gasolina maior e a velha cabeça de boi, batizando este look de Low Tech onde a nova motocicleta apresentava um novo estilo, um Keular belt drive e uma suspensão traseira escondida que o chamou- a de Softtail   onde até os dias de hoje a HARLEY DAVIDSON é considerada a mais das motocicletas e objeto de desejo de muitos adultos.

Pesquisa : Carlos Guimarães


Parceiros






Tudo o que você precisar nós temos a informação.
Salão do Automóvel 2016
Easier
@Copyright 2009 www.negociosantigos.com.br All Rights Reserved                    Designed By: Easiernet          Acessos: 195778